CONREHIP - 1º Congresso Online de Regressão e Hipnose

  • 16 Alunos matriculados
  • 20 Horas de duração
  • 14 Aulas
  • 1 Módulos
  • 1 Avaliação
  • 3 meses de suporte
Parcele em 3x R$ 35,04 (ou R$ 99,99 à vista)
Comprar Agora Dê um passo adiante em sua carreira!
Fátima Mora

O 1º CONGRESSO ONLINE DE REGRESSÃO e HIPNOSE 

Serão 5 dias de palestras com psicanalistas e empreendedores conectados com o que há de mais contemporâneo em suas áreas. 

Nascida para analisar e compreender o homem como sujeito do inconsciente, a psicanálise tradicional usa como métodos a associação livre ou espontânea e a análise dos sonhos. No entanto, a Psicanálise Integrativa usa outras técnicas além das preconizadas pela Escola Freudiana, como a Terapia de Regressão, vista como uma manifestação do inconsciente.

Pacientes com fobias inexplicáveis, que atrapalham seu cotidiano, podem identificar e entender como essa situação aconteceu em sua memória e superar o incômodo com a ajuda de um profissional.

Sob o ponto de vista médico, a regressão pode ser vista como uma demonstração do inconsciente e pode modificar comportamentos compulsivos e ansiosos. Por isso, a terapia é recomendada para qualquer tipo de pessoa, independente de religião ou crença, já que não é preciso acreditar em vidas passadas.

Todas as Palestras e Chat para dúvidas serão ao vivo .(apos o evento ficarão em reprise pelo prazo de 90 dias)

Hipnose e seus Mistérios.

Palestrante: Marcelo Jorge, empresário, psicanalista integrativo, terapeuta de regressão, hipnoterapeuta, com várias especializações na área.

A regressão e o Xamanismo

Palestrante: Dra. Valeria Valente, Dra. na área do xamanismo, psicanalista integrativa e didata, professora de Jung, Melanie Klein, Winnicott, atua como psicanalista há mais de 30 anos.

Técnicas em Regressão

Palestrante: Mario Antônio Ferro, assistente social, psicanalista integrativo, professor e terapeuta de regressão e parapsicologia.

Jung e a simbologia da Regressão

Palestrante: Dra. Verbenna, Psicanalista integrativa, especializa em Jung, tarô e psicanalise, mestre em simbologia e semiótica.

A importância da regressão dentro da Psicanalise nas abordagens técnicas do século 21

Palestrante: Dra. Fatima Mora, presidente da SBPI, criadora do curso de Regressão e Hipnose, professora e psicanalista integrativa, com mais de 30 anos de experiência.

Para que serve?

De acordo com a Psicanálise, o inconsciente grava todas as situações vividas na memória, que podem ser distorcidas de forma que sejam piores do que realmente aconteceram e levarem o indivíduo a interpretar esses eventos traumáticos como uma experiência pendente. Esse fato pode ser “revivido” a cada momento semelhante no presente.

A Terapia de Regressão ajuda o paciente a ver a situação novamente, sob um novo ângulo, para que perceba que não é tão grave e se liberte do trauma, como uma pessoa que tem medo de água por causa de um eventual afogamento, mas pode ver que a situação não foi tão prejudicial quanto ele acreditava.

Como funciona?

Ao procurar um terapeuta, o paciente tem duas sessões de entrevistas antes da regressão propriamente dita. São analisadas características de comportamento emocional, sentimental e físico, além da definição dos objetivos para o tratamento.

A partir da terceira sessão, o paciente passa à meditação, a fim de focar sua consciência e entrar num leve estado de hipnose para trazer à tona memórias do passado, que o bloqueiam emocionalmente, para que possa perceber e sentir o que se passou.

Há casos em que o paciente visualiza as situações como expectador de suas ações, fato que permite ter outro ponto de vista sobre a situação para compreender melhor o que de fato ocorreu e superar os traumas deixados pela experiência.

Por que é importante para o terapeuta?

Estar aberto às diversas formas de conhecimento do inconsciente, mesmo as que divergem do caminho tradicional, como a associação livre e a análise dos sonhos, abre um mundo de possibilidades ao psicanalista, já que é mais uma forma de lidar com os problemas relacionados a traumas que prejudicam o cotidiano do paciente.

No caso da Psicanálise Integrativa, a proposta é usar diversas técnicas para conhecer o inconsciente, que vão além das freudianas. Por isso, essa escola reconhece técnicas como a Terapia de Regressão, Acupuntura, Florais, Hipnose e Cromoterapia, além da Neurolinguística e tudo o que facilite a abordagem do inconsciente.

Esse tipo de abordagem permite a aproximação de terapeuta e paciente, pois é possível escolher o que deixa cada um mais confortável para chegar ao objetivo traçado sem causar mais traumas.

O aprofundamento das diversas técnicas para sanar os traumas do paciente pode ampliar os tipos de terapias oferecidas e deixar o trabalho mais completo e eficiente, já que nem todos ficam tranquilos com todo tipo de abordagens que mexam com lembranças guardadas.

Entendeu como a Terapia de Regressão pode ajudar o psicanalista a melhorar seu atendimento? Gostou do nosso artigo? Então deixe um comentário!

Você, provavelmente, já deve ter visto em algum filme ou na TV uma cena em que algum personagem era hipnotizado e ficava totalmente a mercê, em um transe inconsciente, certo? Pois saiba que muito das coisas que vemos e lemos sobre essa técnica não passam de meros mitos.

A hipnose não é truque nem armação. É um método terapêutico seguro e eficaz, que pode auxiliar muitas pessoas na busca do autoconhecimento e no tratamento de traumas. Para você ficar sem dúvidas e esclarecer os equívocos, conheça sete mitos e verdades sobre hipnose.

1. A pessoa hipnotizada fará tudo que o hipnólogo comandar

Isso é mito. O paciente que está sob hipnose não faz nada contra sua vontade e seu livre arbítrio é mantido. Os princípios de uma pessoa e seus valores são protegidos pelo inconsciente, portanto, durante esse procedimento, nada que você não faria acordado irá acontecer.

2. A pessoa hipnotizada pode revelar todos seus segredos sem querer ao hipnólogo

Isso também é mito. Como falamos no tópico anterior, a mente conserva sua vigilância mesmo durante a hipnose, preservando a integridade das pessoas. Em certos casos, o paciente raramente fala, apenas seu inconsciente é trabalhado silenciosamente.

3. A hipnose e a meditação são coisas diferentes

Isso é verdade! Na meditação, a pessoa treina a mente para relaxar e procura bem-estar, mas não existe um objetivo terapêutico. A hipnose é um tratamento que tem o objetivo de auxiliar o paciente a mudar alguma conduta ou pensamento.

4. O hipnólogo controla a mente dos pacientes

Mito. Lembre-se, o hipnólogo é um facilitador nesse processo. Portanto, para que esse procedimento funcione, tem que existir uma relação de confiança entre ele e o paciente, uma vez que ninguém é hipnotizado sem permissão.

O hipnólogo cria uma ponte entre a mente consciente e o inconsciente, o que dá espaço para que o paciente acesse um determinado estado de consciência e possa desfrutar do seu próprio potencial.

5. Uma pessoa pode não voltar de um transe

Mais um mito, uma vez que não é possível ficar preso em um transe. Se por um acaso o paciente estiver vivenciando uma experiência ruim durante a hipnose ou estiver em um transe muito profundo, em algum tempo este transe naturalmente se transforma em sono fisiológico, e a pessoa acorda normalmente.

6. A pessoa fica totalmente inconsciente em um transe

Novamente um mito. Durante a hipnose, é preciso acessar as informações do inconsciente, como as memórias, por exemplo, para chegar ao ponto vital do problema que se quer tratar. Entretanto, o paciente precisa manter o estado consciente para participar do processo de cura. No estado do transe, o consciente e o inconsciente estão apenas dissociados, porém trabalhando em conjunto.

7. A hipnose não consegue ativar uma super memória

Isso é verdade. Muitas pessoas acreditam que, através da hipnose, vão conseguir lembrar de algum detalhe exato de algo que vivenciaram.

De fato, a hipnose consegue ajudar pacientes a relembrar fatos e potencializar a memória, entretanto, essas lembranças acessadas costumam ser marcantes, que se encontram bloqueadas por algum motivo. Se algo foi esquecido completamente, não tem como trazer a lembrança dele de volta.

Entender os mitos e verdades sobre hipnose desmistifica esse método e mostra como as pessoas, com a ajuda de um bom profissional, podem utilizar essa ferramenta em seu tratamento para conseguir atingir seus objetivos e ter uma vida melhor.

Você acreditava em algum mito sobre a hipnose? Conte para a gente nos comentários o que mais te surpreendeu nesse post!

3 meses Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 3 meses após a matrícula.

Este congresso é para você, psicanalista, estudante de psicanálise e todo profissional da área da saúde, interessado em compreender as demandas contemporâneas no setting analítico e em como desenvolver presença digital para crescimento profissional.

Fátima Mora
""


Confira algumas dúvidas mais comuns sobre a emissão e validade do certificado: 

- Meu certificado emitido através deste site tem validação do MEC? 

Os cursos autorizados pelo MEC são de Graduação e Pós-Graduação e as Secretárias Estaduais de Edução autorizam cursos técnicos profissionalizantes e do ensino médio. Cursos online são classificados, por lei, como cursos livres de atualização ou qualificação, ou seja, não se qualifica como graduação, pós-graduação ou técnico profissionalizante. 

Os Cursos Livres, passaram a integrar a Educação Profissional, como Nível Básico após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Essa é uma modalidade de educação não-formal com duração variável, a fim de proporcionar conhecimentos que permitam atualizar-se para o trabalho, sem exigências de escolaridade anterior. 

Educação é um direito de todos e é um incentivo a sociedade, previsto por lei na Constituição Federal. É com essa base que trabalhamos, incentivando a educação. Os cursos livres e os certificados tem validade para fins curriculares e certificações de atualização ou aperfeiçoamento, não sendo válido como técnico, graduação ou pós-graduação. 

- Meu certificado é aceito pelo CREA, CRC e CRM? 

Conforme citado acima, nossos cursos são de nível básico e livre, ou seja, servem para atualização e qualificação. Todos esses órgãos são de nível superior.

(Fontes: Secretaria de Educação de São Paulo e ABED)

Conteúdo Programático

  • 1. Boas Vindas
  • 2. E-book Terapia com Regressão
  • 3. Hipnose e seus Mistérios.
  • 4. Chat Marcelo Jorge, empresário, psicanalista integrativo, terapeuta de regressão, hipnoterapeuta, com várias especializações na área.
  • 5. A regressão e o Xamanismo
  • 6. Chat com Dra. Valeria Valente, Dra. na área do xamanismo, psicanalista integrativa e didata, professora de Jung, Melanie Klein, Winnicott, atua como psicanalista há mais de 30 anos.
  • 7. Técnicas em Regressão
  • 8. Técnicas em Regressão Chat ao vivo com Mario Antônio Ferro, assistente social, psicanalista integrativo, professor e terapeuta de regressão e parapsicologia
  • 9. Jung e a simbologia da Regressão
  • 10. Jung e a simbologia da Regressão Chat ao vivo com Dra. Verbenna, Psicanalista integrativa, especializa em Jung, tarô e psicanalise, mestre em simbologia e semiótica.
  • 11. A importância da regressão dentro da Psicanalise nas abordagens técnicas do século 21
  • 12. A importância da regressão dentro da Psicanálise nas abordagens técnicas do século 21 Chat ao vivo com Dra. Fatima Mora, presidente da SBPI, criadora do curso de Regressão e Hipnose, professora e psicanalista integrativa, com mais de 30 anos d
  • 13. Tutorial - Como emitir o certificado
  • 14. Agradecimento
  • AVALIAÇÃO CONREHIP- EMISSÃO CERTIFICADO

Dúvidas Frequentes

Dúvidas sobre o uso e navegação na plataforma e como assistir as aulas: suporte@sbpi.org.br ou pelo atendimento online em (Fale conosco/Deixe sua mensagem). De 2º à 6º das 09:00 às 17:00 hs Central de Dúvidas e abertura de chamado https://sbpidesk.tolvdesk.com/portal/
Vendas@sbpi.org.br (11) 94526-4865 whatsapp de 2º à 6º das 9:00 às 18:00 hs
clinica@sbpi.org.br (11) 94526-0155 Whatsapp de 2º,3º,5º,6º das 14:00 às 20:00 hs * 4º das 14:00 as 16:00
Voltar ao topo